Quaresma, tempo de reflexão

Quaresma, tempo de silêncio, oração e conversão 

 A Quaresma é um tempo de escuta da Palavra e de reflexão, de busca e de entrega. É um tempo em que Deus nos convida à conversão profunda e verdadeira.

O pecado, que nos afasta de Deus, foi o que levou Jesus a vir até nós e, numa entrega completa de amor, morrer na cruz. Devemos arrancar o pecado da nossa alma para estarmos prontos quando nos encontrarmos face a face com Deus.

Viver a Quaresma é buscar a Santidade. É um tempo em que devemos silenciar para ouvir mais aquilo que em nossa alma clama que precisa de conversão. É importante tomar consciência do pecado e ter o desejo de tirá-lo da alma. É nesse sentido que a Quaresma é um período de penitência.

Se a Quaresma é um tempo privilegiado para a busca da santidade, toda a nossa vida de cristãos deve ser vivida como esforço para adquirir as virtudes e lutar contra o inimigo. Pedro exortava os cristãos: “Sede sóbrios e vigilantes. O vosso adversário, o diabo, rodeia como um leão a rugir, procurando a quem devorar. Resisti-lhe, fortes na fé” (I Pd, 5, 8-9a).

Esse combate é um combate interior. O papa Leão Magno, em uma pregação, disse: “É agora que os nossos corações devem se mover com maior fervor para a perfeição espiritual. (…) Muitos combates acontecem dentro de nós mesmos, os desejos da carne se opõem aos do espírito e os do espírito, aos da carne. (…) Mas aquele que está em nós é mais forte do que aquele que está contra nós”. E, ainda, em outra homilia afirmou: “A quaresma é tempo de limpar e enfeitar a casa por dentro. Convém que vivamos sempre de modo sábio e santo, dirigindo nossa vontade e nossas ações para aquilo que sabemos agradar a Deus”.

Com o tempo da Quaresma, também tem início a Campanha da Fraternidade, cujo objetivo é contribuir para uma sociedade mais fraterna, justa e igualitária. Com o tema “Fraternidade e superação da violência” e o lema “Em Cristo somos todos irmãos” (Mt 23,8), a Campanha visa mostrar a cultura de violência que hoje está presente nos mais diferentes âmbitos da sociedade.