Imaculada Conceição

Em 27 de novembro de 1830, Nossa Senhora aparece à Santa Catarina Labouré, lhe pedindo para cunhar e propagar a devoção à “Medalha Milagrosa”, e esta deveria ter a seguinte inscrição:  “Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós”. No dia 8 de dezembro de 1854, o Papa Pio IX declarou solenemente o Dogma da Imaculada Conceição de Maria Santíssima, através da Bula Ineffabilis Deus. O Dogma da Imaculada Conceição é a declaração de fé da Igreja na virgindade perpétua da Mãe do Filho de Deus. A Igreja reconhece, de maneira infalível, que Nossa Senhora foi preservada imune da mancha da culpa original desde o primeiro instante de sua conceição, e foi revestida de uma santidade inteiramente singular. Todavia, desde os primórdios do cristianismo, os Santos Padres e Doutores da Igreja sempre ensinaram que a Virgem Maria é toda pura e Santíssima, imune de toda e qualquer mancha de pecado. Entretanto, é a própria Virgem quem confirma esse Dogma quando, em 25 de março de 1858, em sua 16ª aparição à Santa Bernadette de Soubirous, na França, Nossa Senhora se apresenta à jovem como: “Eu sou a Imaculada”.

Ofício da Imaculada

O Ofício da Imaculada foi escrito na Itália, no século XV, pelo franciscano Bernardino de Bustis, e aprovado pelo Papa Inocêncio XI em 1678. Mais tarde, o Ofício foi enriquecido pelo Beato Papa Pio IX com 300 dias de indulgência cada vez que fosse recitado. Na reforma do Concílio Vaticano II, o Papa Paulo VI modificou a doutrina acerca das indulgências e concedeu indulgência parcial  àqueles que rezarem com fé o Ofício da Imaculada Conceição.

O Ofício é uma oração composta para ser cantada ou recitada, onde se proclamam as grandes maravilhas realizadas na Virgem Maria Mãe de Deus.

De acordo com a tradição da Igreja, os cristãos católicos rezam particularmente o Ofício todos os sábados, mas é louvável e recomendada a recitação diária da Oração. “Uma antiga tradição diz que Nossa Senhora se ajoelha no Céu quando alguém na Terra reza o Ofício”.

Fontes:

https://fontedeaguavivabsb.wordpress.com/2015/11/18/como-surgiu-a-devoo-ao-ofcio-da-imaculada-conceio/

https://cleofas.com.br/a-historia-da-imaculada-conceicao/

https://blog.cancaonova.com/tododemaria/o-programa-oficio-da-imaculada-conceicao/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *