Santo Agostinho dizia: “Tu criaste-nos e o nosso coração está irrequieto até encontrar o descanso em Ti”.

Esse desejo em nós de procurá-Lo e encontrá-Lo vem de Deus mesmo, Ele colocou essa sede em nosso coração. A esse desejo damos o nome de “Religião”.

É próprio da natureza humana o anseio pela verdade e felicidade. É, sem dúvida, uma busca daquilo que a sustenta, que a satisfaz e a torna útil absolutamente. Somente quando se encontra Deus é que uma pessoa se encontra consigo mesma. Santa Edith Stein afirmava: “Quem procura a verdade procura Deus, seja isso evidente ou não para ela”.

É evidente que podemos, com a nossa razão, descobrir Deus. O mundo não pode ter origem nem fim em si mesmo. É preciso enxergar além do que se vê. Em tudo que é, que existe devemos ter um olhar mais minucioso, mais zeloso. A ordem, a beleza e o desenvolvimento, tudo isso nos remete para Deus.

Cada pessoa humana está aberta ao Verdadeiro, ao Bom e ao Belo. Ela ouve a voz da  consciência que a adverte do mal e que a impele para o bem. Quem segue esta pista encontra Deus.

Procure observar os sinais de Deus, eles são constantes. Siga essa pista e você encontrará  Deus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *